Avan√ßar para o conte√ļdo principal

Os benef√≠cios do journaling ūüĆĽ


Escrever ou Journaling

O ato de pegar numa caneta ou num l√°pis e libertar todos os pensamentos e ideias para uma folha de papel. Ou ent√£o, fazer exatamente o mesmo mas num computador. √Č algo extremamente libertador e que tem in√ļmeros benef√≠cios, e hoje venho falar um pouco disso mesmo. 

Para mim, journaling √© muito mais do que escrever numa folha de papel ou no computador. √Č olhar-me de frente, olhar para o meu interior, escutar a minha mente, escutar o meu cora√ß√£o, dar conta das minhas sensa√ß√Ķes e dos meus sentimentos. √Č n√£o julgar o que sinto, o que penso e o que escrevo. √Č aceitar tudo aquilo que coloco no papel ou no computador e respeitar. √Č organizar ideias, pensamentos e objetivos, e acalmar a confus√£o presente na mente. √Č ser a minha vers√£o mais pura, mais aut√™ntica e mais verdadeira. √Č ser livre. 

O ato de journaling pode provocar alguma dor. Juntamente com medo, inseguran√ßas, revolta e d√ļvidas. Por vezes, surgem perguntas que nos deixam a pensar por tempo indeterminado. Outras vezes, surgem l√°grimas ou sorrisos perante aquilo que estamos a escrever e ao que estamos a sentir. N√£o √© igual para todos. N√£o √© igual todos os dias. Por vezes, bastam 5 minutos. Outras vezes, √© necess√°rio 1 hora. Podemos escrever um pouco todos os dias ou apenas 3 vezes por semana. Podemos escrever logo de manh√£ para nos conectarmos √† nossa ess√™ncia mais pura ou antes de ir para a cama para refletirmos e fazer uma introspec√ß√£o do nosso dia. √Č algo muito √ļnico e muito pr√≥prio para cada um de n√≥s. Sem regras. Sem limites. Sem hor√°rios. √Č sobre aquilo que faz mais sentido para cada um de n√≥s.

Estarmos atentos à nossa mente e ao nosso corpo nem sempre é fácil e, verdade seja dita, consegue ser desagradável, mas traz tantos benefícios à nossa vida!

ūüĆĽ Sabias que ao deitares c√° para fora tudo aquilo que te vai na mente, est√°s a trabalhar para ganhares mais clareza sobre as tuas ideias? Para al√©m disso, d√ļvidas ou perguntas que tenhas sobre determinados assuntos que te causem alguma confus√£o, podem ser facilmente respondidas quando te permites escrever sem filtros e sem medos.

ūüĆĽ Quando escreves sobre o que sentes e sobre o que pensas est√°s a trabalhar no teu auto-conhecimento. Escrever sobre emo√ß√Ķes e sentimentos, com alguma regularidade, vai ajudar-te a compreenderes melhor o teu SER, o teu EU. Ao olhares para dentro atrav√©s das palavras come√ßas a dar conta de padr√Ķes, de sentimentos e de emo√ß√Ķes que, com o tempo, te permitem conheceres-te melhor e lidar com diversos assuntos que provoquem confus√£o, ansiedade ou medo. 

ūüĆĽ Escrever pode ser uma excelente ferramenta para quem sofre de ansiedade e stress. No que toca a doen√ßas do foro mental, cada caso √© um caso e n√£o podemos generalizar nem dar a mesma "receita" a todas as pessoas. No entanto, estudos mostram que escrever sobre sentimentos e emo√ß√Ķes, como a raiva, a revolta, a ang√ļstia e/ou a tristeza, pode ajudar a diminuir a intensidade dessas emo√ß√Ķes, o que leva a uma sensa√ß√£o de liberta√ß√£o, de leveza e de calma. Colocar no papel um pouco daquilo que te est√° a consumir √© como dar uma pausa √† tua mente. 

ūüĆĽ Se queres trabalhar a tua criatividade, o journaling √© algo excelente para tal. O facto de teres uma folha branca (ou p√°gina branca) √† tua frente d√°-te a liberdade de escreveres sobre o que quiseres e como quiseres. N√£o existem regras a cumprir. √Č algo teu e para ti, por isso n√£o tens de ter a preocupa√ß√£o se est√° com uma letra bonita, se faz sentido ou se tem erros. Escrever pode ajudar-te a definir uma ideia, um projeto ou objetivos e prioridades.

ūüĆĽ Levamos um estilo de vida cada vez mais acelerado, o que leva com que seja cada vez mais dif√≠cil mantermo-nos concentrados em algo, sem pensar nas outras tantas coisas que temos para fazer. Escrever √© algo que pode ajudar bastante a melhorar o teu foco e a tua concentra√ß√£o. O ato de escrever "obriga-te" a estares no momento presente, focada(o) no que est√°s a sentir e a escrever. Quando o fazes com regularidade, o teu c√©rebro come√ßa como que a treinar, o que permite que em atividades futuras em que seja necess√°ria a concentra√ß√£o, tal como estudar, cozinhar algo novo ou falar com algu√©m ao telefone, se torne bem mais f√°cil. 

Como podes ver s√£o v√°rios os benef√≠cios de libertares tudo aquilo que tens dentro da tua mente. Aten√ß√£o, o facto de funcionar para mim, pode n√£o funcionar para ti. O importante √© experimentares e perceber se faz sentido na tua vida. Somos todos diferentes e por isso vamos reagir de variadas formas a determinada experi√™ncia. Aceita e respeita o teu corpo e as tuas sensa√ß√Ķes. Tu sabes melhor que ningu√©m o que √© melhor para ti!

Um beijinho com amor e muita luz ✨

Ana Rita




Coment√°rios

  1. Gostei tanto de ler este teu post! Começar a escrever assim sem mais nada, comigo já deu origem a textos que nunca pensei escrever...

    Beijos e abraços.
    Sandra C.
    Bluestrass

    ResponderEliminar
  2. Hello
    Sempre senti isso... Escrever liberta-me ♥️ Acho que temos de o fazer pelo nosso bem, pelo bem da nossa cabe√ßa ūü§ć
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Quando a escrita ajuda a libertar a mente, força nisso!

    Isabel S√°  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. Eu faço Journaling, maioritariamente quando estou confusa ou chateada com algo, e devo dizer que muitas vezes me surpreendo a mim mesma com as coisas que escrevo, porque nem tinha noção de como me sentia ou pensava em relação ao assunto.

    Ajuda-me a sentir-me mais leve, sem sombra de d√ļvidas.

    Patrícia,
    Querida Lua

    ResponderEliminar

Enviar um coment√°rio